Pinhalão

Postado dia 30/09/2013

Grupo de agricultores se une para produzir cafés especiais

do NP Diario

O trabalho conjunto de 20 cafeicultores do distrito de Lavrinha, a 15 quilômetros do centro de Pinhalão, transformou a localidade em referência na produção de cafés especiais. O grupo se formou há dois anos por iniciativa do produtor Sebastião Vieira Sobrinho, o Tião Batata(foto), que enxergou uma oportunidade de agregar valor ao café e desenvolver a região. 

Eles investiram R$ 400 mil em recursos próprios na construção de uma sede e na compra de máquinas para o beneficiamento dos cafés especiais. A maioria cultiva, em média, oito hectares de grãos especiais. 

Se antes era cada um por si e o preço era a única forma de diferenciar os cafés produzidos na Lavrinha, agora eles seguem à risca as orientações do projeto para garantir que o produto atinja e mantenha a pontuação desejada pelo mercado. No ano passado, o grupo exportou, via cooperativa, um contêiner com 340 sacas de café Fairtrade. Neste ano a expectativa é exportar mais de mil sacas. 

No início deste ano, importadores dos Estados Unidos, Coreia do Norte, Japão e Austrália visitaram a Lavrinha para conhecer os cafés produzidos pelo grupo. “Começamos com 40 produtores, mas depois ficou quem realmente tinha interesse no projeto. Alguns desistiram porque achavam que era perda de tempo”, conta Tião, que se emociona ao falar das conquistas do grupo. Tião explica que ainda não é possível falar em retorno financeiro, sobretudo por causa do volume do investimento individual, mas todos sabem que esse é um projeto de longo prazo.

 


comente esta matéria »

Copyright © 2010 - 2021 | Revelia Eventos - Cornélio Procópio - PR
Desenvolvimento AbusarWeb.com.br