Pinhalão

Postado dia 13/09/2013

Indústria vai gerar 500 empregos e beneficiar 15 mil produtores

Claudinei Benetti, prefeito

Na eleição de 2008, o então candidato Claudinei Benetti se elegeu prefeito de Pinhalão com uma diferença de apenas 14 votos. No entanto, em 2012, ele conquistou a reeleição com 70,68% dos votos válidos, sem precisar fazer campanha de casa em casa.

O sucesso do prefeito Benetti (PSD) nas urnas pode ser explicado através de uma simples constatação: nesses últimos anos, ele conduziu um projeto que mudou a realidade de Pinhalão, com atuais 6.409 habitantes. Não se pode esquecer que, em 2000, o município contava com 5.132 moradores.  

No curto prazo, aquela localidade deve sofrer ainda novo surto de desenvolvimento, a partir da instalação de uma indústria de pescado, com a geração de 500 empregos diretos e 15 mil indiretos, envolvendo 80 cidades do norte paranaense.

Em entrevista ao site Revelia, o prefeito conta um pouco dessa história. A seguir principais trechos:

Revelia: Por que o senhor decidiu colocar seu nome à apreciação do eleitorado de Pinhalão?

Claudinei Benetti: É que nós apoiamos um grupo político por dois mandatos e não aconteceu na cidade. Então como produtor rural e empresário, vi a necessidade de entrar e fazer um trabalho diferenciado que não fizeram. Ganhei com 14 votos de diferença na primeira eleição. Agora fui reeleito com 72% sem precisão de ir na casa de nenhum cidadão pedir voto, porque trabalhei para a população e fiz o meu mandato com o que prometi em palanque. E estou fazendo na reeleição muito mais do que no primeiro mandato

Revelia: O que senhor conseguiu realizar na primeira gestão e que fez a grande diferença na reeleição?

Claudinei Benetti: Nós compramos a patrulha do pátio, com duas motoniveladoras, pá carregadeira, três retroescadeiras, 13 ônibus para a educação, ambulância e carros para a saúde, reforma de prédio público (de escolas e creches), melhorias em estradas rurais (e hoje são 95% cascalhadas). Compramos caminhões, coletor de lixo (que não tinha). Fizemos 120 casas de graça para a população mais carente.

com Beto Richa e ministro Crivella (25/04/2013)

Então nós trabalhamos muito para a população. Demos 30 secadores de café aos agricultores, sem pagar nada. Damos calcário, de 2.000 a 3.000 toneladas por ano de graça. Não cobramos nada, nem o frete. Então várias coisas têm acontecido e nós fomos reeleitos por causa disso.

Revelia: Em abril desse ano houve o anúncio de um investimento milionário em Pinhalão pelo Ministério da Pesca. Quem empreendimento é esse?

Claudinei Benetti: Estamos trazendo também a primeira indústria do governo federal de pescado, que está saindo em Pinhalão. São quase R$ 20 milhões de investimentos. Já está construindo, com previsão de inauguração para março de 204. Então estamos contentes de implantar também um parque industrial, que não tinha, e trazendo empresas, dando oportunidade aos nossos produtores, comerciantes. Fizemos praça, avenida nova, ruas asfaltadas. A gente mexeu no centro da cidade, desapropriou muita gente. Temos projeto de ponte, de um grande lago. E a gente está ansioso para terminar esse mandato muito mais grande que o mandato anterior.

Revelia: O que deve representar a implantação dessa indústria de pescado para o município?

Claudinei Benetti: Esperamos que o nosso município que hoje produz 80 a 100 milhões de nota fiscal pode chegar a R$ 300 milhões quando estiver em funcionamento esse abatedouro. Nós vamos criar ali 500 empregos fixados no abatedouro e mais uns 15 mil produtores que vão ser integrados. São 80 municípios que estão no projeto e, com certeza, vai beneficiar a região inteira.

Benetti e Sidnei, chefe de Gabinete

Revelia: Qual seu sonho ainda para os próximos anos desse segunda gestão?

Claudinei Benetti: O sonho de cada cidadão que administra é agregar os filhos da sua cidade. Não deixar o jovem ir embora, criar oportunidades para ele, para não vermos mais pai chorando porque o filho foi para São Paulo, Curitiba e grandes capitais, e o risco é muito grande hoje. As cidades menores têm que batalhar para fazer seu parque industrial, dar condições para a empresa chegar. Esse é o grande sonho nosso, e estamos no segundo mandato para concluir esse projeto para criar a oportunidade de emprego

Revelia: O que representa para o senhor a seu tempo poder dar sua contribuição para o município de Pinhalão?

Claudinei Benetti: - É um momento de eu ser muito grato a Deus de ter dado essa oportunidade para nós, de ter dado também essa ideia de correr atrás. Espero que todos os municípios venham a acreditar no seu administrador, cobrar dele também para fazer uma administração de Deus, e não ficar pensando em si próprio. 


comente esta matéria »

Copyright © 2010 - 2021 | Revelia Eventos - Cornélio Procópio - PR
Desenvolvimento AbusarWeb.com.br