Eleições

Postado dia 16/10/2012

Para Zé Andrade, mistério ronda vereadores eleitos

Segundo o cabeleireiro José Andrade dos Santos, há certo mistério envolvendo alguns vereadores eleitos em Assaí no pleito de 7 de outubro último.

Em entrevista ao programa Jornal Metropolitano, da rádio Studio FM, na tarde desta terça-feira, 16, o cabeleireiro Andrade comentou que não sabia como candidatos que nem conhecem direito a cidade teriam conquistado mais de 500 votos nessas eleições.

Na condição também de candidato a vereador, Zé Andrade teve 292 votos, ocupando a segunda suplência, atrás de Flavinho do Ônibus (com 345 votos) e dos três eleitos de seu grupo, Cebolinha (564), Gavião (547) e Amarildão (533).   

Durante sua entrevista ao radialista Devonir Custódio, do Jornal Metropolitano, Zé Andrade – que é conhecido como Fiscal do Povo -, deixou transparecer sua insatisfação de não ter sido mais valorizado pela população assaiense, recebendo mais votos. Por isso, ele comentou que, mesmo sem ter contato diário com a comunidade e conhecer bem a cidade, houve alguns candidatos que haviam conseguido votos suficientes para se elegerem.

De acordo com participação de moradores através de mensagens por telefone, o “mistério” a que o cabeleireiro Zé Andrade se referia era “grana”, “dinheiro”. Ou seja, conforme comentários de ouvintes do programa Jornal Metropolitano, faltou investimento financeiro para aquela campanha, diferentemente do que aconteceu com demais candidatos vitoriosos nas urnas de 7 de outubro.

Por outro lado, a expressiva votação de Zé Andrade se deu também em função do trabalho social por ele realizado nos últimos anos, como a construção de moradias para famílias carentes do município. Ele tem sido responsável pela oferta de mão-de-obra e coordenação do trabalho voluntário e doação de materiais de construção para edificação para aquelas famílias.

Diante de convite de ouvintes para que se candidatasse a presidente da Vila Prudêncio, o cabeleireiro disse que gostaria de ser representante da cidade inteira, incluindo zona rural, e não de um bairro especificamente.

PARA SABER MAIS:

Voluntários entregam casa à família carente até novembro

Família do Pau d’ Alho recebe casa construída pela comunidade


comente esta matéria »

Copyright © 2010 - 2018 | Revelia Eventos - Cornélio Procópio - PR
Desenvolvimento AbusarWeb.com.br