Norte do Paraná

Postado dia 14/05/2019 às 00:41:56

Ex-vereadores alertaram sobre fraude em concurso organizado pela Contec

Vereadores de Assaí à época do esquema fraudulento e Jomar Cardoso, de São Sebastião da Amoreira, haviam alertado sobre irregularidades envolvendo a empresa Contec Consultoria e Assessoria, de Abatiá (PR).

Falecido em agosto de 2016, Jomar Cardoso havia procurado a Promotoria de Justiça da Comarca de Assaí, a fim de ter acesso a documentos sonegados pela Câmara de Vereadores de São Sebastião da Amoreira. A suspeita é de que também naquela cidade tenha havido alguma irregularidade envolvendo a empresa.

Diante de irregularidades com a empresa Contec em São Sebastião da Amoreira, também grupo de vereadores de Assaí passou a questionar sobre possibilidades de fraude em concurso púlblico em Assai.

Por meio da Portaria nº 001, de 13 de fevereiro de 2009, o presidente Sílvio Carlos Guadaguini havia nomeado integrantes da Comissão de Licitação, presidente Léo Nilson Lopes e os membros Paulo Cândido Monteiro, visando à realização de concurso público pela Câmara de Vereadores de Assaí. As provas ocorreram em 29 de março de 2009.

Na tentativa de manter a lisura daquele certame, para que não tivesse algum questionamento judicial, os então vereadores Darlan Rodrigues de Araújo (PSDB), Francisco Soares Neto (PSC), Hugo Márcio Duarte (PSDB) e Paulo Hara (PSDB) haviam proposto a criação de uma comissão pluripartidária.

No entanto, tal proposta foi descartada pelo presidente Sílvio Carlos Guadaguini (PSDB), o qual acabou, em 14 de fevereiro de 2009, por nomear integrantes da comissão de licitação os vereadores Léo Nilson Lopes (PSL) como presidente, além de Paulo Cândido Monteiro (PMDB) e Waldenei Simões (PR).

Apesar da presença de representantes de três partidos - PSL, PMDB e PR -, a comissão de licitação não teve a presença de vereadores que não faziam parte da bancada de apoio ao então presidente do Legislativo (Silvinho Guadaguini).

PARA SABER MAIS:

Vereadores Cebolinha, Léo e Paulinho foram enganados em concurso da Câmara de Assaí

Mesma pessoa produziu todos os atos de concurso público em Assai, diz MP

Empresa que fraudou concurso em Assaí vaza gabarito em Santa Amélia

Fraudadores de concurso em Assaí têm ligação com deputado e advogado

Fraude no concurso da Câmara de Assaí é semelhante à ocorrida em Sapopema

Justiça questiona concursos das Câmaras de Assaí e de Primeiro de Maio

 


comente esta matéria »

Copyright © 2010 - 2019 | Revelia Eventos - Cornélio Procópio - PR
Desenvolvimento AbusarWeb.com.br