Norte do Paraná

Postado dia 11/10/2020 às 17:28:21

Corrupção une nove amigos poderosos do lobista Luiz Alberto Vicente

Nomes importantes ligados à política paranaense, ex-governador Beto Richa, seu irmão Pepe Richa, o lobista Luiz Abi Antoun, empresário Paulo Midaur, ex-deputado federal André Vargas, presidente do Tribunal de Contas, Durval Amaral, e seu filho, o deputado estadual Tiago Amaral, presidente da Econorte, Hélio Ogama, e ex-diretor do DETO, Ernani Delicato, tiveram seus nomes envolvidos em esquemas de corrupção. Uma característica peculiar é que o ex-vereador e ex-prefeito de Assaí, Luiz Alberto Vicente, mantém laços de amizade e contato próximo com esse grupo.

BETO RICHA, ex-deputado estadual, ex-vice-prefeito e prefeito de Curitiba, e governador do Paraná, por dois mandatos, foi preso três vezes, denunciado e se tornou réu, além de uma eleição perdida ao Senado e bloqueios seguidos de bens seus e da família. Pessoa próxima de Luiz Alberto, com quem convive nos bastidores da política há quase duas décadas. Convidou o ex-prefeito assaiense para direção do Departamento de Transporte Oficial do Paraná (Deto), responsável pela manutenção da frota do governo estadual.

JOSÉ RICHA FILHO (PEPE RICHA), irmão do ex-governador e ex-secretário estadual de Infraestrutura e Logística, réu em processo da Operação Integração, que investiga um esquema de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo concessionárias de rodovias federais e agentes públicos ligados ao governo do Paraná, ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e a Agencia Reguladora do Paraná (Agepar). Esquema desviou R$ 8,4 bilhões por meio do aumento de tarifas de pedágio do Anel de Integração, e de obras rodoviárias não executadas. A propina paga em troca dos benefícios, conforme os procuradores, foi estimada em pelo menos R$ 35 milhões.

Pepe Richa esteve na campanha eleitoral de Assaí em 2012, apoiando o entao candidato a prefeito Luiz Alberto, de quem dizia grande amigo. Relacionamento esse que proporcionou investimentos estaduais na recuperação da estrada de acesso ao distrito Pau d´Alho do Sul, a estrada denominada rodovia Deputado Severino Félix Pessoa.

ERNANI DELICATO, sucessor de Luiz Alberto Vicente no Deto, foi preso pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), envolvido em esquema fraude em licitação no valor de pelo menos R$ 1,5 milhão. Foi preso e condenado no âmbito da Operacao Voldemort, no total de sete réus, entre eles Luiz Abi Antoun e Paulo Roberto Midauar. Em entrevista ao Blog Sol Nascente, de Devonir Custódio, o então prefeito Luiz afirmara que, mesmo após deixar o governo estadual, teria dado contribuição para que a compra de veículo pelo Estado estivesse nos conformes e não houvesse problema algum. 

LUIZ ABI ANTOUN, parente distante de Beto Richa, responsável pela captação de recursos para campanhas eleitorais, assim como intermediação entre interesses privados e o governo do Paraná. Em rede social, Luiz Alberto Vicente reconhece ser amgo de Luiz Abi, com quem já manteve inúmeros contatos ao longo dos anos. Em rede social, Luiz Mestiço já disse ser amigo de Luiz Abi.

 

PAULO ROBERTO MIDAUAR, empresário de Bandeirantes (PR), condenado após investigação da Operavao Voldemort e, condenado, juntamente com Luiz Abi Antoun, e outros réus. Esteve em Assaí, durante a festa de aniversário de emancipação do município, em 2014, à época da gestão do então prefeito Luiz Alberto Vicente, de quem também é amigo, conforme declaração do assaiense em rede social.

 

ANDRE VARGAS, ex-vereador de Londrina, ex-deputado estadual e ex-deputado federal, preso na 11ª. fase da Operação Lava Jato, em abril de 2015, e solto em outubro de 2018. Acusado dos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro, principalmente.

A época que cumpria mandato de deputado estadual, Vargas foi companheiro de apartamento de Luiz Alberto Vicente, em Curitiba. Após tornarem notórios os escândalos envolvendo o nome do companheiro de longa data, o assaiense tentava logo se livrar de Vargas quando o encontrava em aeroportos e demais espaços públicos.

DURVAL AMARAL, ex-deputado estadual, investigado pelo Superior Tribunal de Justiça, no âmbito da Operação Quadro Negro, escândalo de desvio de dinheiro a partir de contratos de reformas e construções de escolas, assinados entre o governo do Paraná e a empresa Valor Construtora e Serviços Ambientais, entre 2011 e 2014. Acusado de receber parte do dinheiro desviado dos cofres públicos e utilizá-lo para abastecer a campanha eleitoral de 2014 do seu filho Tiago Amaral (PSB), a deputado estadual. Durval Amaral também é investigado por uma suposta atuação no Tribunal de Contas para tentar dar aspecto de legalidade ao fato de a empresa não ter concluído as obras, mesmo tendo recebido verba pública para fazer o serviço contratado.

Durval Amaral participou de ato de pré-campanha de Luiz Alberto Vicente, em marco de 2016, e comentou que havia feito “uma grande amizade, um grande relacionamento”, a partir do momento que ele ocupava a Casa Civil do Governo de Estado, e o assaiense, como diretor do Departamento (DETO). 

HÉLIO OGAMA, presidente da Econorte, preso na 48ª fase da Operação Lava Jato, acusado por fazer parte de esquema de pagamento de propina em pedágios no Paraná. Ogama aumentava deliberadamente o valor do pedágio e Nelson Leal Júnior, do DER (Departamento de Estradas de Rodagem), do governo estadual aprovava. Em delação premiada, Leal Júnior disse que arrecadação de vantagens indevidas no governo de Beto Richa, do PSDB, sempre existiu, desde o início do primeiro mandato, em 2011. No entanto, com as ações da Lava Jato em curso, o esquema ficou enfraquecido.

Durante o mandato de Luiz Alberto Vicente, a Econorte destinava recursos para o município de Assaí, por meio de programas de responsabilidade social da empresa. O ex-prefeito Luiz se tornou mais próximo da Econorte à época que ocupava o cargo de diretor do DETO. Inclusive a empresa destinou recursos para sua campanha a prefeito em 2012.

PARA SABER MAIS:

Lobista Luiz Alberto Vicente ganha milhões com política e Justiça

80 provas que Luiz Mestiço não é político honesto nem sério

Ex-prefeito Luiz Alberto Vicente acumula patrimônio milionário

Veja Fotos


comente esta matéria »

Copyright © 2010 - 2020 | Revelia Eventos - Cornélio Procópio - PR
Desenvolvimento AbusarWeb.com.br