Cambará

Postado dia 09/10/2013

Casquel é leiloada por R$ 35 milhões; comprador é do Nordeste

do Portal Jnn

A Usina de Açúcar e Álcool Casquel, localizada em Cambará, foi leiloada na manhã de ontem na sede da Associação Comercial e Industrial de Jacarezinho (Acija) por R$ 35 milhões. Segundo a assessoria da Brasil Leilões, o comprador é uma pessoa física do Nordeste do Brasil e tem 24 horas para efetuar o depósito, caso isto não ocorra, um novo leilão será realizado 26 de outubro.


Mais de 80 pessoas participaram do leilão que começou às 9h30 e terminou às 11h30. De acordo com a Brasil Leilões o complexo da Casquel é composto por mais de 600 hectares de área produtiva e estava avaliado em R$ 80 milhões. Também foram leiloados propriedades dos sócios que somam mais de 120 hectares.A usina tem capacidade para produzir 25 milhões de litros de etanol hidratado e 4,5 toneladas de açúcar cristal especial. O dinheiro será usado para pagar dívidas trabalhistas a 1,3 mil ex-funcionários além de fornecedores.


A usina começou a passar por dificuldades financeiras em 2009 e, no ano seguinte, ficou sob tutela de um interventor nomeado pela Justiça. Na ocasião, mais de 750 funcionários se queixaram de atraso nos salários e dívidacom fornecedores chega a R$ 15 milhões.


Manobras jurídicas
Em novembro do ano passado, um dos leilões da usina foi cancelado após uma manobra jurídica, que impediu o pregão de ser realizado após uma liminar impetrada pela empresa Despal Paulista Agronegócio, que dizia ter comprado a usina e prometeu assumir todas as dívidas referentes a acertos trabalhistas. A suspensão foi conseguida no Tribunal Regional do Trabalho, com sede em Curitiba, cerca de apenas dez minutos antes do leilão.


A liminar determinava um prazo de cinco dias para a empresa compradora se apresentar à Justiça, mas foi feita apenas para suspensão daquele leilão, depois disso, o prazo foi encerrado e na Vara da Justiça do Trabalho em Jacarezinho, que é responsável pelos processos, nenhuma proposta foi apresentada para negociação das dívidas, o que resultou em mais um leilão frustrado.


Nesse período mais de 170 fornecedores de cana de açúcar tiveram prejuízos com o fechamento da usina em 2010. Na última manobra jurídica que impediu o leilão o advogado Pedro Vinha,representantedos fornecedores, chegou a dizer que o proprietário da usina, Adalgiso Casquel, havia vendido a empresa para o grupo Despal que já havia até negociado verbalmente a quitação dos débitos junto aos credores.

 


comente esta matéria »

Copyright © 2010 - 2018 | Revelia Eventos - Cornélio Procópio - PR
Desenvolvimento AbusarWeb.com.br