Norte do Paraná

Postado dia 07/03/2019 às 16:36:35

‘Segurei a bolsa até o que pude’, conta mulher de idoso que bateu em assaltante com bengala

“Eu caí e deitei em cima da bolsa. Segurei a bolsa até o que pude segurar”, contou a mulher do idoso que bateu em um assaltante com a bengala, na quinta-feira (28), em Ribeirão do Pinhal, no norte do Paraná. 

Leonídia de Lima e Ezequiel de Lima voltavam para casa depois de ela sacar a aposentadoria de R$ 1.100, quando foram abordados por dois homens encapuzados. Depois que a idosa foi derrubada por um dos ladrões, Ezequiel bateu no suspeito com a bengala. Mesmo assim, os dois conseguiram fugir com a bolsa de Leonídia, que ficou machucada.

Ezequiel usa a bengala desde que sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e disse que tentou defender a mulher que estava caída no chão.

“Só dei uma bengalada nele, mas não valeu nada. Eles já iam correndo também”, declarou.

Logo após o crime, os policiais começaram as buscas pelos suspeitos e os encontraram horas depois. Um deles foi preso da casa da avó, com uma parte do dinheiro roubado. Ambos estão presos na delegacia da Polícia Civil de Ribeirão do Pinhal.

Crimonosos roubaram a aposentadoria de uma idosa em Ribeirão do Pinhal — Foto: Arquivo Pessoal 

Polícia recomenda não reagir a assaltos 

Em casos de assaltos, a polícia recomenda manter a calma e não reagir, já que uma reação pode gerar consequências mais graves para a vítima. Veja algumas orientações: 

  • •Não reaja;
  • Procure manter a calma, evitando movimentos bruscos;
  • Lembre-se de que o bem maior e insubstituível é a vida;
  • Procure observar as características do assaltante;
  • Saiba informar o que foi roubado e as características: placa do veículo, marca do telefone, etc.

*

do G1


comente esta matéria »

Copyright © 2010 - 2019 | Revelia Eventos - Cornélio Procópio - PR
Desenvolvimento AbusarWeb.com.br