Notícias

Postado dia 05/10/2017 às 14:52:01

Conta da Sanepar muda de cor e alerta sobre o câncer de mama

A ação é parte das ações da empresa dentro da mobilização internacional durante o mês de outubro. A Companhia também vai iluminar reservatórios em diversas cidades.

Mais de três milhões de contas de água da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) serão impressas com a cor rosa neste mês de outubro em todo o Estado. É parte das ações da empresa dentro da mobilização internacional conhecida como “Outubro Rosa” que alerta sobre o câncer de mama, o segundo tipo de câncer mais comum entre as mulheres no Brasil e no mundo.

Este é o segundo ano em que a empresa muda a tradicional cor azul de suas contas para chamar a atenção para a prevenção e o diagnóstico precoce desse tipo de câncer. Reavisos e outros comunicados ao cliente também serão impressos em rosa. A cor faz referência ao símbolo mundial da campanha que é um laço rosa, uma ideia iniciada na década de 1990, nos Estados Unidos. A conta da Sanepar ainda traz a frase: “Outubro Rosa: previna-se contra o câncer de mama”.

RESERVATÓRIOS – A empresa também iluminará diversos reservatórios e prédios as cidades em que atua no Paraná, procurando chamar a atenção dos moradores para a importância dos exames. Em Curitiba, o Reservatório Alto da XV, conhecido como a Caixa d’Água da Sanepar e um dos marcos da cidade, será iluminado com a cor rosa.

DIVULGAÇÃO – A Sanepar também distribuirá seus tradicionais copos de água tratada envasada com a impressão em rosa. Serão 480 mil copos de água que serão usados em eventos internos e naqueles em que a empresa patrocina ou apoia. A intenção é levar a ideia da prevenção do câncer de mama a eventos esportivos, sociais, ambientais, religiosos, educacionais e promocionais já agendados.

CÂNCER DE MAMA– A doença decorre de uma multiplicação anormal e desorganizada de células da mama, que formam um tumor. Embora existam diferentes tipos de câncer de mama, a maioria tem chances de cura quando a descoberta ocorre no estágio inicial. Além disso, tratamentos precoces são menos agressivos e mais curtos. As visitas periódicas ao médico, a realização de exames (incluindo o autoexame das mamas) e a adoção de hábitos saudáveis são recomendações frequentes para a prevenção e diagnóstico precoce da doença.


comente esta matéria »

Copyright © 2010 - 2017 | Revelia Eventos - Cornélio Procópio - PR
Desenvolvimento AbusarWeb.com.br