Conselheiro Mairinck

Postado dia 20/07/2013

Prefeito Carlos Sanches vai ao Fórum se explicar

do Cezar de Mello

Na manhã desta sexta-feira,dia 19, o prefeito de Conselheiro Mairinck, Carlos Sanches compareceu ao fórum da cidade de Ibaiti. Ele está “tentando” se explicar, ante a avalanche de denúncias sobre irregularidade na licitação de combustíveis, o que está sob investigação do Ministério Público. 

Os contratos irregulares envolvem o diretor de Finanças da prefeitura, Almir Salviatto, que acumula ao mesmo tempo, a condição de arrendatário do Auto Posto Mairinck II BR 153. Nessas condições, o Prefeito e seu Diretor financeiro contrataram com o estabelecimento, o fornecimento de combustíveis para a prefeitura, em valores que somam quase R$ 1 milhão.

As irregularidades, inclusive com acusação de superfaturamento, foram denunciadas pela Câmara de Vereadores. O caso está sendo apurado pelo Promotor de defesa do Patrimônio Público em processo investigatório.

Além das irregularidades na licitação, Carlinhos também estaria tentando se explicar, diante do descumprimento de liminar e de sentença proferida em Mandado de Segurança, em favor de servidores. O chefe do executivo expediu decretos revogando lei, para reduzir o salários de cerca de 46 servidores. Houve mandado de segurança e a Justiça restabeleceu a força da lei do plano de cargos e salários.

Diante das ordens judiciais o Prefeito Carlinhos deve pagar os servidores e respeitar a lei. No entanto, ele insiste em descumprir a ordem judicial e fala para quem quiser ouvir que pra ele não tem ninguém acima dele. Ele diz que não tem nada a perder e que não pretende reeleição e que assim, quem manda é ele.

Não se sabe ainda o resultado ou o efeito prático da presença do Prefeito no fórum. Como se sabe, ordem judicial é para ser cumprida. E em processo de mandado de segurança, recurso de embargos de declaração ou de apelação, não suspendem os efeitos da decisão.Acaso persista a desobediência,  pode responder por crime na forma do DL 201/67, que preve pena de prisão e de perda de mandato.

Ele foi procurado, mas o celular estava desligado.

 


comente esta matéria »

Copyright © 2010 - 2019 | Revelia Eventos - Cornélio Procópio - PR
Desenvolvimento AbusarWeb.com.br