Jataizinho

Postado dia 29/06/2013

Assaí e Uraí farão protesto no pedágio nos próximos dias

Leonildo, Darlan Araújo e Mossolon
Diego Viana (segundo à esquerda)

Aproveitando a manifestação realizada neste sábado, na praça de pedágio de Jataizinho, na rodovia BR 369, lideranças políticas de Assaí e Uraí começaram a tratar sobre novos protestos naquele local a ser realizados nos próximos dias.

A pauta de reivindicação consiste em benefício para a população de Assaí e Uraí da mesma forma que o já concedido para os residentes em Jataizinho.

Na avaliação do ex-vereador de Uraí, Leonildo Aparecido de Moraes, o Léo, a população de sua cidade tem que pagar um valor abusivo para percorrer apenas 20 quilômetros, para ir a Londrina, por exemplo.

Segundo ele, o preço abusivo acontece também em função de que a Econorte – concessionária que explora aquele posto de cobrança – repassa R$ 38 mil ao município de Uraí, dinheiro esse que não se tem informação de sua utilização, e acaba sendo repassado ao valor cobrado dos motoristas.

Segundo o ex-vereador de Assaí, Darlan Rodrigues de Araújo, proposta discutida neste sábado, 29 de junho, prevê que a cidade se una a Uraí e realize manifestações a cada sexta-feira, pedindo o mesmo benefício já concedido à população de Jataizinho. Ou seja, os manifestantes querem isenção de tarifa, um desconto significativo ou mesmo o pagamento de uma taxa anual.

Sobre o atendimento daquele pedido, Darlan explica que os protestos devem continuar até a obtenção de um resultado favorável. Ele calcula que aquele posto de cobrança arrecade entre R$ 400 mil e R$ 500 mil. “Sentindo no bolso, a concessionária (Econorte) vai ver com bons olhos a questão de Assaí e Uraí”, comenta ex-vereador.

Na tarde deste sábado, o vereador assaiense Diego Viana (PSC) também participou da manifestação que fechou a praça de pedágio de Jataizinho, entre 8h e 15 horas. Ao apoiar aquela mobilização, ele defendeu ainda a redução dos preços praticados e a concessão de algum benefício à população assaiense, que diariamente precisa ir até Londrina em busca de produtos e serviços e principalmente para atendimento médico, emprego e freqüência a cursos superiores.  

fotógrafo Leno Almeida, de Assaí

A próxima manifestação está marcada para sexta-feira, 5 de julho, a partir de 17 horas. Reunião marcada para segunda-feira, 1º, deve acertar os detalhes do novo protesto e servirá também para confecção de material para aquele ato que acontecerá na praça de pedágio da BR 369, em Jataizinho.

PARA SABER MAIS:

Manifestantes evitam cobrança de pedágio na BR 369


comente esta matéria »

Copyright © 2010 - 2021 | Revelia Eventos - Cornélio Procópio - PR
Desenvolvimento AbusarWeb.com.br