Norte do Paraná

Postado dia 17/10/2020 às 21:14:42

Luiz Mestiço era sócio das festas e da prefeitura de Assaí

Nos últimos 15 anos, principalmente, o ex-vereador e ex-prefeito Luiz Alberto Vicente, o Mestiço, teve aumento exponencial no valor de seus bens declarados, de R$ 3,3 milhões (2012), para R$ 4,1 milhões (2016) e R$ 5,8 milhões (2020). Tal evolução patrimonial se dá graças a suas atividades de lobista e envolvimento com política e Justiça.

Na gestão 2013/2016, o então prefeito ganhou dinheiro com a organização de festas, usando a máquina administrativa para benefício próprio, e com demais atos de corrupção.

Em quatro anos, o município de Assaí investiu quase dois milhões de reais em festas e eventos. O gestor da época colocou verba pública (R$ 300 mil, só para a festa de maio de 2013), vendeu a praça de alimentação (por R$ 65 mil, naquele ano), recebeu pessoalmente a arrecadação da venda de camarotes e ingressos vendidos antecipadamente. À custa do erário ficou também a contratação de empresa para organização do evento, dos cantores convidados, de segurança, banheiro químico, entre outros. Considerável montante veio ainda de estacionamento em vias públicas, de barraca de bebida e organização de bingo pelo Provopar.

Não houve prestação de contas, apesar da vultosa quantia injetada pela administração publica. Considerando que Luiz Mestiço controlava tudo pessoalmente, tornou-se sócio das festas supostamente organizadas pelo Provopar.

Levantamento no início da gestão do prefeito Acácio Secci (2017/2020) apontou que o Provopar não registrou movimentação expressiva de valores durante o mandato passado. Em apenas determinado ano havia a menção de R$ 700,00 geridos pela entidade.

Ainda durante seu mandado, o então prefeito Luiz gastou dinheiro público com pesquisa de opinião sobre a saúde e hospital municipal, com empresas de consultoria para recuperação de créditos tributários e com assessoria jurídica de Curitiba para orientação a servidores do município, sem a demonstração da real necessidade e de resultados concretos de tais contratações.

Mestiço utilizou de seus contatos e influência no governo estadual para atrasar a aprovação do Residencial Cidade Alta, proposto pelo então prefeito Michel Angelo Tuti Bomtempo (gestão 2015/2009). A ideia era retardar o inicio do empreendimento, enquanto ele adquiria uma área de terra naquelas imediações. Ganharia, portanto, muito dinheiro simplesmente com a valorização da região, após a construção das novas 312 unidades habitacionais. Tal situação acabou acontecendo.

A administração municipal ainda pretendia adquirir área para construção da Clínica da Mulher, propondo, para isso, desapropriação de imóvel localizado na rua Souza Naves, esquina com a rua Getúlio Vargas. Daí o lobista Luiz Mestiço se aliou a advogado da parte vendedora. Propunha forcar nova avaliação do imóvel, considerando a existência de uma casa de madeira, na ocasião, já derrubada pela administração municipal, forçando o pagamento de um valor maior, o que de fato acabou ocorrendo.

Já no cargo de prefeito, Mestiço desejava a construção de 254 casas em área comprada pelo município. Sua meta era a valorização de área de sua propriedade, localizada próxima ao possível novo empreendimento. Com sua derrota na reeleição de 2016, ele na sequencia afirmou que a construtora havia desistido do investimento.

Também o Ministério Público constatou a obtenção de benefícios financeiros às custas de sua atuação como chefe do Poder Executivo assaiense. Ação civil por improbidade administrativa reconhece que, por intermédio do então presidente da Câmara Municipal, Sílvio Carlos Guadagnin, Mestiço fez aprovar lei mudando o zoneamento unicamente de sua propriedade.

Tal imóvel se trata da fazenda de 10 alqueires que inicialmente estava em nome de empresa do lobista Luiz Abi Antoun. Registro da área em nome de Luiz Alberto Vicente só ocorreu em junho de 2015, após a prisão de Luiz Abi Antoun, pelo Gaeco.

PARA SABER MAIS:

Lobista Luiz Mestiço ganha dinheiro e dá prejuízo para Assaí

80 provas que Luiz Mestiço não é político honesto nem sério

Lobista Luiz Alberto Vicente ganha milhões com política e Justiça

Ex-prefeito Luiz Alberto Vicente acumula patrimônio milionário


comente esta matéria »

Copyright © 2010 - 2020 | Revelia Eventos - Cornélio Procópio - PR
Desenvolvimento AbusarWeb.com.br