Norte do Paraná

Postado dia 12/10/2020 às 19:52:10

Lobista Luiz Mestiço ganha dinheiro e dá prejuízo para Assaí

Atuando por mais de uma década e meia como lobista, o ex-vereador e ex-prefeito de Assaí, Luiz Alberto Vicente, o Mestiço, ampliou seu patrimônio declarado, de R$ 3,3 milhões (2012), para R$ 4,1 milhões (2016) e R$ 5,8 milhões (2020).

Nesse período, ele usou seu poder e influência para ganhar dinheiro com negociação envolvendo compre de terreno pelo município de Assaí para instalação da Clinica da Mulher, e ainda obter vantagens financeiras com áreas próximas ao Residencial Cidade Alta e ao cemitério.

Mestiço utilizou de seus contatos e influência no governo estadual para atrasar a aprovação do Residencial Cidade Alta, proposto pelo então prefeito Michel Angelo Tuti Bomtempo (gestão 2015/2009). A ideia era retardar o inicio do empreendimento, enquanto ele adquiria uma área de terra naquelas imediações. Ganharia, portanto, muito dinheiro simplesmente com a valorização da região, após a construção das novas 312 unidades habitacionais. Tal situação acabou acontecendo.

A administração municipal ainda pretendia adquirir área para construção da Clínica da Mulher, propondo, para isso, desapropriação de imóvel localizado na rua Souza Naves, esquina com a rua Getúlio Vargas. Daí o lobista Luiz Mestiço se aliou a advogado da parte vendedora. Propunha forcar nova avaliação do imóvel, considerando a existência de uma casa de madeira, na ocasião, já derrubada pela administração municipal, forçando o pagamento de um valor maior, o que de fato acabou ocorrendo.

Já no cargo de prefeito, Mestiço desejava a construção de 254 casas em área comprada pelo município. Sua meta era a valorização de área de sua propriedade, localizada próxima ao possível novo empreendimento. Com sua derrota na reeleição de 2016, ele na sequencia afirmou que a construtora havia desistindo do investimento.

Já em 2020, querendo chegar ao Paço Municipal pela segunda vez, Luiz relata inverdades de que a Caixa Econômica Federal (CEF) havia dado ordem de serviço para a construção do “empreendimento de mais de 20 milhões de reais, gerando por 1 ano e meio 120 empregos diretos; infelizmente foi interrompido pela atual gestão”.

Também o Ministério Público constatou a obtenção de benefícios financeiros às custas de sua atuação como chefe do Poder Executivo assaiense. Ação civil por improbidade administrativa reconhece que, por intermédio do então presidente da Câmara Municipal, Sílvio Carlos Guadagnin, Mestiço fez aprovar lei mudando o zoneamento unicamente de sua propriedade.

Tal imóvel se trata da fazenda de 10 alqueires que inicialmente estava em nome de empresa do lobista Luiz Abi Antoun. Registro da área em nome de Luiz Alberto Vicente só ocorreu em junho de 2015, após a prisão de Luiz Abi Antoun, pelo Gaeco.

PARA SABER MAIS:

Corrupção une nove amigos poderosos do lobista Luiz Alberto Vicente

Lobista Luiz Alberto Vicente ganha milhões com política e Justiça

80 provas que Luiz Mestiço não é político honesto nem sério

Ex-prefeito Luiz Alberto Vicente acumula patrimônio milionário


comente esta matéria »

Copyright © 2010 - 2020 | Revelia Eventos - Cornélio Procópio - PR
Desenvolvimento AbusarWeb.com.br