Política

Postado dia 07/06/2019 às 04:34:38

Briga entre deputado Boca Aberta e vereador não é caso para STF

Briga entre deputado federal e vereador não é caso para Supremo Tribunal Federal se o soco não for em razão do exercício de suas funções como Parlamentar.

Com este entendimento, o ministro Ricardo Lewandowski declinou competência em um caso entre o vereador Amauri Cardoso (Londrina) e o deputado federal Emerson Petriv (Pros/PR), mais conhecido como "Boca Aberta".

A briga ocorreu durante a 14ª Conferência Municipal de Saúde da Comarca de Londrina. Segundo Cardoso, Boca Aberta começou a se aproximar e ofendê-lo por conta de um processo de cassação. O vereador afirma que então agrediu com um soco o deputado por conta da aproximação e do histórico do parlamentar de agressividade. 

O ministro Lewandowski afirma que a briga de Boca Aberta não foi por causa de sua atuação como deputado, então não cabe ao STF julgar, como prevê a jurisprudência da corte. Assim, enviou o caso para o tribunal de origem. 

A defesa do vereador foi feita pelo escritório Prochet e Mota

Clique aqui para ler a decisão 

Copyright © 2010 - 2019 | Revelia Eventos - Cornélio Procópio - PR
Desenvolvimento AbusarWeb.com.br