Política

Postado dia 31/05/2019 às 13:09:49

Criai incentiva o 'Apadrinhamento Afetivo' durante encontro na Assembleia Legislativa

Cerca de 200 pessoas participaram de uma audiência pública para discutir ações relacionadas à Adoção e ao Apadrinhamento Afetivo nesta quarta-feira (22), no Plenário da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). O evento foi organizado pelo deputado estadual Cobra Repórter, presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, Adolescente, Idoso e da Pessoa com Deficiência (Criai). Lembrando que dia 25 de maio é o Dia Nacional da Adoção. No Paraná, são 494 crianças e adolescentes aptos para adoção, sendo o 4º estado com o maior número. 


A audiência pública começou com o debate dos promotores da Vara da Infância e Juventude de Curitiba e Araucária: Mariana Bazzo e Davi Kerber. Eles destacaram números do Conselho Nacional de Adoção (CNA). Uma pesquisa aponta que, hoje, são 5.036 crianças e adolescentes em casas de acolhimento espalhadas pelo Brasil aptas para adoção. Destas, cerca de 70% tem entre 12 e 17 anos de idade. “Esses números são considerados altos já que, a partir dessa idade, as chances de adoção são mínimas. Em uma consulta realizada no início do mês, há pelo menos 262 adolescentes em situação de acolhimento com chances mínimas de adoção só em Curitiba”, explicou o promotor Davi Kerber. Os promotores destacaram que a maior parte dos interessados em adotar crianças tem a preferência por bebês. Enquanto isso, milhares de crianças mais velhas continuam em instituições. 

“O programa de Apadrinhamento Afetivo não resolve o problema, mas possibilita a essas crianças a oportunidade do convívio familiar e da criação de laços com pessoas de fora da instituição de acolhimento. É uma atividade regulamentada pelo Governo Federal”, explicou a promotora Mariana Bazzo. O Atlético Paranaense, por exemplo, desenvolve um projeto com crianças e adolescentes que vivem em abrigos de Curitiba e Região Metropolitana, na busca pela inclusão social. O Furacão participa do projeto Padrinho Torcedor, que incentiva o apadrinhamento de jovens que, devido à idade, têm poucas perspectivas de adoção.

As ONGs Recriar e Dindo, presentes no evento, são parceiras do Clube nessa campanha, que conta com o apoio do Ministério Público do Paraná e do Poder Judiciário. O objetivo é oferecer convivência familiar e comunitária a esses jovens. O deputado estadual Cobra Repórter garantiu que temos que incentivar iniciativas importantes como esta. “Através do projeto, grupos de amigos ou famílias de Curitiba e região podem colaborar na oferta de atividades de desenvolvimento e de educação aos jovens acolhidos nessas entidades, mesmo sem a pretensão de assumir a adoção ou mesmo a guarda”, disse o deputado.

Cada padrinho ou madrinha tem liberdade de escolher lugares para passear e outras atividades para realizar com o afilhado. Também é possível contribuir com prestação de serviços ou com suporte financeiro, através da doação de roupas, brinquedos ou material escolar (mais informações: www.atleticoparanaense.com/padrinhotorcedor).

Durante o evento da Criai, também foram exibidos vídeos com depoimentos de pessoas que fazem parte do programa de Apadrinhamento Afetivo e também de famílias que adotaram adolescentes. A audiência contou ainda o depoimento do casal Luiz Maganhoto e Daniel Casagrande. Eles adotaram dois irmãos com problemas de saúde: Antonella e Lorenzo. “O que faz com que uma criança se sinta integrada numa família? Amor, paciência e incentivo. Geralmente, isso elas não encontram por completo em abrigos. Os pais têm esse papel. Os filhos, para nós, são nossa continuidade, para quem vamos passar nosso legado de conhecimento”, disse o arquiteto Luiz Maganhoto. 

Na sequência, os parceiros públicos e privados da comissão foram diplomados e, a partir de agora, poderão utilizar o selo da Criai de empresa amiga das crianças, dos adolescentes, dos idosos e das pessoas com deficiência. A Criai é formada por sete integrantes: o presidente deputado Cobra Repórter, a vice-presidente deputada Cantora Mara Lima, os deputados Alexandre Amaro, Luciana Rafagnin, Marcio Pacheco, Subtenente Everton e Luiz Carlos Martins.

Serviço:
Site: www.criaiparana.org
E-mail: secretaria.criai@alep.pr.gov.br
Face: www.facebook.com/criaiparana/
Telefones para denúncias: (41) 3350-4033

Veja Fotos

Copyright © 2010 - 2019 | Revelia Eventos - Cornélio Procópio - PR
Desenvolvimento AbusarWeb.com.br