Política

Postado dia 29/03/2019 às 02:08:28

Operador de Richa pede julgamento pela Justiça Eleitoral

A defesa de Jorge Atherino, empresário apontado como operador do ex-governador paranaense Beto Richa (PSDB), pediu nesta quinta (28) que seu caso deixe a Justiça Federal do Paraná.

Os advogados afirmam que a seu caso diz respeito a Caixa Dois e que, segundo entendimento recente do STF, deve ser analisado pela Justiça Eleitoral.

Atherino foi preso em setembro de 2018 na Operação Piloto, desdobramento da Lava-Jato que investiga o pagamento de propina a Richa em troca de favorecimento à Odebrecht na licitação das obras duplicação da rodovia PR-323.

de VEJA

 


comente esta matéria »

Copyright © 2010 - 2019 | Revelia Eventos - Cornélio Procópio - PR
Desenvolvimento AbusarWeb.com.br