Assaí

Postado dia 26/10/2018 às 11:26:15

Falta de bom senso pode interromper projetos sociais particulares em Assaí

Interesses políticos e particulares tentam dificultar o desenvolvimento de projetos sociais conduzidos por voluntários como o soldado José Roberto Negri, responsável pelo Ceforc, Nivaldo Pires Neves, o Buiú, que conduz treinamento esportivo envolvendo aproximadamente 90 crianças e adolescentes.

Problema vem do fato de que vez ou outra aqueles projetos são incomodados com a visita de ffiscais do Conselho Regional de Educação Física (CREF). O órgão cobra que tais projetos tenham profissional de Educação Física como responsável, para o seu devido funcionamento.

Recentemente o caso chegou até a Delegacia Rgional de Polícia Civil de Assaí, devido a denúncia de exercício irregular de profissão, visto que responsáveis por aqueles projetos não terem inscrição junto ao Cref.

O Ceforc começou na quadra do Colégio Estadual Conselheiro Carrão e se estendeu ao estádio municipal Dr. Durval José da Silva. Já Buiu realiza o treinamento de futsal na quadra da Escola Municipal Princesa Izabel.


comente esta matéria »

Copyright © 2010 - 2018 | Revelia Eventos - Cornélio Procópio - PR
Desenvolvimento AbusarWeb.com.br