Esportes

Postado dia 20/01/2017 às 17:58:54

Morre o ex-treinador Carlos Alberto Silva

O ex-treinador Carlos Alberto Silva morreu na manhã desta sexta-feira, aos 77 anos, em Belo Horizonte (MG). Ela era dono de uma agência de turismo em Belo Horizonte, que confirmou a informação. A causa da morte não foi divulgada.

Carlos Alberto dirigiu o Guarani no título do Campeonato Brasileiro de 1978,além de diversos grandes clubes do país. Ele também treinou a seleção brasileira e conquistou a medalha de prata na Olimpíada de Seul-1988.

Seu último trabalho como treinador foi em 2005, pelo Atlético-MG. Anos depois, virou dirigente de futebol. Tite, atual treinador da seleção brasileira, o considera o melhor técnico com quem trabalhou e uma referência em sua carreira.

Carlos Alberto Silva ganhou destaque em 1978, com a vitória do Guarani sobre o Palmeiras na final do Brasileirão de 1978. Depois disso, trabalhou em grandes clubes do Brasil, como Atlético-MG, Cruzeiro, Corinthians, Palmeiras , São Paulo, Santos, Santa Cruz e Sport. Venceu dois Campeonatos Paulistas (1980 e 1989) pelo São Paulo e o Mineiro de 1982, pelo Atlético-MG.

Pela seleção brasileira, conquistou o Pan-Americano de 1987, em Indianapolis, nos Estados Unidos, e conquistou a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Seul-1988, em time que contava com Romário, Bebeto, Taffarel e outros grandes jogadores.

O treinador também constituiu carreira internacional. Foi campeão japonês com o Yomiuri Kawasaki, em 1991 e bicampeão português com o Porto (1992 e 1993). Ainda treinou o Santa Clara, de Portugal, e o Deportivo La Coruña, da Espanha.

O atacante Márcio Amoroso, que trabalhou com Carlos Alberto Silva no Guarani, foi um dos primeiros a se manifestar pela perda do “mestre” nas redes sociais.

de VEJA

 


comente esta matéria »

Copyright © 2010 - 2017 | Revelia Eventos - Cornélio Procópio - PR
Desenvolvimento AbusarWeb.com.br